Monza e seu dono

Se me cabe assumir um preconceito, que seja o pré-conceito de que motorista de Monza é a desgraça do Brasil.

Quando todos os Monzas forem extintos das vias urbanas o mundo entrará em um novo ciclo, o ciclo da paz. Políticos serão honestos, puta passará nota fiscal e babás vão cuidas dos filhos como se fossem seus.

Se houver um plebiscito contra o uso de Monza, eu quero ser o presidente, possuo a maior experiência a respeito do assunto. Todos os dias, ando 60Km de moto e no trajeto tenho a infelicidade de encontrar um Monza no caminho. Geralmente, eu procedo de duas formas.

1º Alternativa: Buzino feito um louco, grito de dentro do capacete e pisco insistentemente a luz alta até que o motorista perceba minha presença, feito isso, tomo a iniciativa de iniciar a ultrapassagem da lata velha, quando eu estou do lado da porta da porcaria, o filho da puta joga o carro com toda a força para a faixa que eu estou utilizando, pelo simples motivo do: SEM MOTIVO APARENTE, ele apenas muda de faixa porque ele tem um Monza, é necessário, Monzas não andam em linha reta, donos de Monza não tem cérebro.

Monza já foi uma bela aquisição, já foi o melhor carro de sua época, no entanto, por ter um porta-mala, hoje em dia é o sonho dos carroceiros que carregam papelão.

2º Alternativa: Paro a moto, tomo o sentido contrário, mesmo sendo na contra-mão, paro em um posto de gasolina, compro um refrigerante, espero passar 10 minutos e retorno ao meu itinerário, feito isso, em menos de 100 metros encontro o filho da puta andando, na sua velocidade máxima, 12Km/h, executo todo o procedimento da alternativa 1, e novamente sou fechado sem sentido nenhum.

Video propaganda do comercial do Monza:
httpv://www.youtube.com/watch?v=NZxXt-45-_w

Descrição do carro

A foto do início desse post mostra um Monza em perfeita condição de uso, geralmente o Monza que circula pela cidade está quebrado e faltando peças.
As peças mais comuns em falta são, farois, retrovisores pneu em bom estado.
Geralmente a lataria está em péssimo estado e os bancos todos rasgados, costuma ser visto com o interior lotado de caroneiros indo cedo para o trabalho para abrir e mecânica.

Descrição do motorista:

Frequentemente, o motorista é visto conduzindo o carro de pose de um chapéu velho ou um bone com propaganda de mecânica.
O Mostorista não tem o costume de usar retrovisor, haja vista a evolução da espécie não fazer uso a milhares de anos.
O Motorista? possui um modo de andar peculiar de motorista de Monzas, anda curvado pra frente, caracteristica adquirida da seleção natural homem/monza pois o banco sempre super inclinado que para olhar para o retrovisor interno é necessário olhar para trás.

É típico de motorista de Monza achar que estão conduzindo um carro, e esse carro anda mais que carro de fórmula 1, esquecendo que já passou a época do Monza.

“Motorista de Monza não utiliza seta, muda de faixa aleatóriamente enquanto vai para a mecânica arrumar ou abrir a mecânica para começar a atender. Geralmente, donos de Monza tem uma mecânica, empresa de limpar piscina, ou mini empresa de geso.”

One Reply to Monza e seu dono

  1. Leandro Marcel says:

    rs… rs…. rs…

Leave a Reply