A mentira do Analfabeto Político

Muitos já devem ter lido o antológico poema do Bertolt Brecht intitulado O Analfabeto Político.
Nesse poema, Bertolt Brecht insinua que o pior analfabeto político é aquele que não segue alguns fatos dado por ele primordial importância.

Bertolt Brecht

Bertolt Brecht

Bertolt, por mais esforçado que foi em sua época estava imcompleto, Não pensava Bertolt na maldade e mudanças de interpretação dos que dão a política, outro sentido “O sentido do benefício pessoal” – Utilizando do poema, muito se dizem interessados pelo preço do feijão, da farinha e do aluguel, no entanto, a idéia não é baseada no benefício coletivo, se você não como feijão, farinha e não mora de aluguel, pouco lhe importa política não é mesmo? Esquecendo que a coletividade faz uso dos ítens supracitados.

Sabendo que a maioria é sim um analfabeto politico, muitos alfabetizados politicamente recorem a Bertolt Brecht para

iludir e manipular a vontade alheia.

Bertolt Brecht diz no poema que é da ignorância política que nasce a prostituta e o político vigarista, correto se esse poema fosse na alemanhã, no Brasil, está errado. Da inteligência política brasileira é que nasce o político vigarista, quem acredita que existe apenas bons políticos? Quem bota a mão no fogo enquanto sozinho com sua consciência? É principalmente dos que são considerados o alfabetizados políticamente que se cria a pior raça do político, pois são eles quem iludem o analfabeto invocando Bertolt Brecht.

O ANALFABETO POLÍTICO

” O pior analfabeto é o analfabeto político.
Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos.
Ele não sabe (que) o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas.

O analfabeto político (…) se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política.
Não sabe (…) que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais”.

Bertolt Brecht

One Reply to A mentira do Analfabeto Político

  1. Leandro Marcel says:

    Cara, isso me faz lembrar a negativa do do Nash no filme Mentes Brilhantes, mandou bem. Vamos manter contato.

Leave a Reply to Leandro Marcel